Cantos das Cidades 5 – Abraços SA (SP)

Que história eu poderia escrever sobre São Paulo? Que música escolher? Que compositor de tantos que a capital paulista nos presenteou teria a honra de inspirar um conto no meu livro? Parada dura. Mas que logo seria resolvida, pois tal é a pluralidade de canções, artistas, histórias e possibilidades que Sampa nos apresenta que só poderia mesmo surgir uma boa história. Um dia, conversando com meu mentor literário, Márcio Nazianzeno, sobre aquele movimento dos abraços grátis, ele se saiu com uma das suas: “e se as pessoas cobrassem 1 real por esses abraços? Acho que dava pra ganhar uma grana.” Fiquei com aquela ideia na cabeça e resolvi escrever um conto a partir dela. Na mesma semana, vi uma letra de música de Nando Reis, o paulistano e são paulino que dizia: “Um beijo ou um simples abraço que é pra você lembrar de mim.”

Pronto. Resolvida a questão.

Eu escreveria um conto a partir daquela frase da canção e fortemente baseada na ideia de Márcio. Assim nasceu “Abraços SA”, uma das histórias mais divertidas do livro até agora das que já estão concluídas. Para dar maior autenticidade à narrativa, como já tenho feito com todos os escritos anteriores deste livro, pedi ajuda a um amigo paulista, o advogado e excelente leitor Gustavo Svenson. Também contribuiu sua esposa, a jornalista potiguar Gudmila Régis, que já vive em São Paulo há quase uma década, tendo se convertido também em especialista em assuntos bandeirantes.

Nando Reis vai representar São Paulo no "Cantos das Cidades"

Nando Reis vai representar São Paulo no "Cantos das Cidades"

Divido com vocês agora um trecho do conto:

“… Letícia super se identificou. Acabara de ser tocada pelo movimento e se tornara a mais nova adepta da campanha, disposta a plugar os paulistanos nessa corrente mundial. Abraçaria, sorriria, faria gestos de carinhos. Mas grátis não, não dá né, meu? Fez um belo cartaz e se postou na esquina da Augusta com a Paulista, bem na entrada do Conjunto Nacional, disputando a atenção dos transeuntes com os voluntários do Greenpeace.

“Abraços: R$ 1,00”. Ficou passada com a receptividade da galera. As pessoas estavam realmente carentes, diante do rolo compressor que era a vida na megalópole. O ritmo frenético da cidade, trânsito, poluição, trabalho, trabalho e trabalho. Homens engravatados com suas pastas entupidas de documentos paravam para receber um abraço sincero. Fashionistas mega produzidos desaceleravam o passo para viver a experiência. – Dizem que é bafão em Paris! Disse um deles. …”

O parceiro na autoria da história, Gustavo Svenson. Contamos ainda com sua esposa e Drag Queen, Gudmila Régis Svenson.

O parceiro na autoria da história, Gustavo Svenson. Contamos ainda com sua esposa e Drag Queen, Gudmila Régis Svenson.

O conto acabou se tornando uma homenagem a uma das principais características de São Paulo na condição de coração financeiro do Brasil: o empreendedorismo da cidade e seus habitantes, a capacidade de trabalho que transforma ideias em bons negócios, fazendo surgir dinheiro a partir de atitude e ousadia típicas da pauliceia.

Tags: , , ,

Uma resposta to “Cantos das Cidades 5 – Abraços SA (SP)”

  1. Lu Longo Says:

    E o que é o Cantos das Cidades???

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: