Viagem ao RJ – Março de 2010 – Parte 4

 

RJ, Sábado, 27.03.2010

Sábado seria o grande dia. Depois de três noites mal dormidas e de muita cerva nas idéias, além de compromissos diurnos que impediram algum descanso, eu teria que reunir as forças restantes e partir para um desfecho digno da maratona carioca. Acordei cansado, mas imbuído em completar a jornada com dignidade e um certo brilho. Afinal, tenho muitos amigos no RJ por ter morado um ano lá e a maioria desse pessoal, eu ainda não havia encontrado. Eles iriam ao lançamento do “Como se não houvesse amanhã” na Cinemathéque. Ainda pela manhã, Nina e eu fomos à praia. Pegar um solzinho e mergulhar no mar. Atividades providenciais quando se vai àquela cidade.

Depois, um almoço bem família com as tias Carminha, Graça, Elisabeth, o tio Muriel, o último intelectual e bem humorado do Brasil, a prima Bia com seu marido, Flávio, e o casal de amigos Evie e Diogo Salim. Almoço carioca é assim: foi até as 17h30. Depois disso, tomei um café com o amigo João Paulo Cuenca e, agora era oficial: estava atrasado para o evento de lançamento do livro.

Cheguei umas 19h30 e já tinham alguns amigos esperando por mim. Bati um papo esperto com os caras da ESPM (Rodrigo Lopes, Rafael Ramos, Ricardo Brasil e o onipresente Marcelo Dunlop), os amigos da Barra (Eduardo Pizzolato e Ronnie Markus), os natalenses foragidos (Arbel e Carlito), os familiares com quem já havia almoçado e os artistas (Flock, Panço, Arthur, Fantini e Adílson).

Ricardo, Rafael, Rodrigo e Zé Guilherme, jovens da Escola de Criação da ESPM de 2001.

Acabei que conversei pouco com os demais escritores da antologia. O pouco que falei com o Carlos Henrique Shroeder, o Maurício, a Renata Belmonte, o Alexandre Plosk e todos os demais foi bem legal, mas a bateria acabou lá pela 1h da manhã. Era hora de voltar pra casa, dormir e me preparar pra voltar a Natal.

A foto é emblemática. Um autor potiguar buscando espaço no cenário literário nacional. Tem que ser pelas beiradas mesmo. 🙂

Antes de partir, porém, deixei um material na mão da equipe da Editora Record e, na manhã de domingo, claro, foi dia de ir de novo à praia com Nina que, depois de dois dias de exposição ao sol, estava mais morena que as mulatas do Ilan.

Missão cumprida. Volta tranqüila. Segunda voltei ao trabalho cheio de serviços acumulados. Mas valeu muito a pena. Tomara que eu volte logo e por mais tempo.

SERVIÇO: Muita gente tem comentado a respeito do livro e perguntado onde podem adquiri-lo. Por isso já informo todo mundo que ele pode ser comprado em qualquer livraria. Se não tiver, basta encomendar aos vendedores que ele chega rapidinho, uma vez que se trata de um produto da Editora Record. Espero que gostem da leitura. Sobre o conteúdo, quem publicou uma postagem bem legal em seu blogue foi o Zeca Camargo. O atalho para que vocês leiam é o seguinte: http://colunas.g1.com.br/zecacamargo/2010/03/29/as-palavras-que-nunca-sao-ditas/

O livro já está disponível nas livrarias do Brasil. Em breve, será lançado em Natal. Quando a data estiver decidida, divulgarei a todos.

Anúncios

Tags: , , ,

2 Respostas to “Viagem ao RJ – Março de 2010 – Parte 4”

  1. Leonardo Davino Says:

    Escrevi resenha do livro “Como se não houvesse amanhã”.
    Para minha coluna no Jornal A União-PB
    Disponível também no meu blog Mirar & Ver.

    Caso interesse, acesse:
    http://www.medindodias.blogspot.com/


    Abraço
    Leonardo Davino

  2. David Obadiah Says:

    Carlos, parabéns pelo seu conto!!
    Muito bacana o livro, ainda estamos lendo…
    É verdade que o lançamento será dia 22 aí em Natal? iremos daqui de João Pessoa,,, Abraço e Força sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: