“Como se não houvesse amanhã” recebe Prêmio Biblioteca do Professor

Atenção, interrompemos esse conto de zumbis para abunciar que o livro “Como se não houvesse amanhã – 20 contos inspirados em músicas da Legião Urbana” (do qual participei com muito orgulho) ficou em primeiro lugar no Prêmio Biblioteca do Professor, concedido pela secretaria de educação do Rio de Janeiro e será adquirido para que os 16 mil professores das escolas cariocas trabalhem seus textos em sala de aula.

Ou seja, de uma tacada só, o Henrique Rodrigues e os outros 19 autores do livro (eu já disse que sou um deles?) conseguiram agradar à crítica e vender pra caramba. O Prêmio Biblioteca do Professor é concedido após uma votação dos próprios professores das escolas públicas do Rio.

Muito massa. Estou muito feliz com isso. Tenho pensado inclusive em, talvez, promover um novo lançamento em Natal lá pra novembro, pois no evento que fizemos com o pessoal do Uskaravelho, tivemos poucos livros à disposição. Quem sabe?

Henrique Rodrigues - Organizador do livro

Queria agradecer aos outros autores por terem me dado a oportunidade de participar de um projeto coletivo de tanto alcance quanto este. Principalmente ao Henrique Rodrigues, grande organizador da publicação.

E agora continuem acompanhando essa fantástica história de zumbis qua assolaram Natal em 2009.

Tags: ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: