Coluna da Digi #59 – Aha, uhu! A miss Brasil é nossa!

Esta coluna foi publicada do dia 09 de maio de 2009 e foi uma, er, homenagem, né? à miss Brasil potiguar Larissa Costa, uma espécie de símbolo de que nem tudo é um desastre para Natal na administração Micarla.

Divirtam-se!

***

Aha, uhu! A miss Brasil é nossa!

Agora vai! Foi isso que pensei quando soube que a nossa conterrânea Larissa Costa segurou o cetro e sentou no trono de Miss Brasil 2009. O que aconteceu naquela noite foi muito mais do que um daqueles velhos concursos entre pseudoleitoras do Pequeno Príncipe. O que a simpática moça fez foi melhorar a nossa imagem lá fora de uma forma que a Governadora, a Prefeita e toda a bancada federal reunida jamais seriam capazes. Aliás, nunca serão.

Como por mágica, todos os nossos problemas pareceram resolvidos. E os que ainda não se resolveram, tornaram-se coisas tão pequenas, tão sem importância, tão mesquinhas, desinteressantes e comezinhas que não valem nem a pena serem lembrados.

A infinidade de alternativas que se descortinam, revelando um horizonte promissor para o povo potiguar é de tirar o fôlego. Eu mesmo tenho acordado com um largo sorriso estampado no rosto. Minha vontade é de sair às ruas em altos brados de “AHA, UHU, A MISS BRASIL É NOSSA!”

Nossa autoestima vai finalmente alcançar níveis minimamente aceitáveis e vamos poder ter orgulho genuíno de algo que não sejam as praias. Aliás, não são apenas as praias que são belas agora! O que importa se a gente não dá a mínima para a cultura local? O que é que tem se os grupos teatrais, bandas de música, escritores e artistas em geral tem que trabalhar o triplo pra chamar metade da atenção do público? E daí se nascemos com essa síndrome de vira-lata com calazar? Agora, o RN tem jeito! Por isso, quando esses pensamentos depressivos vierem à tona e povoarem sua mente com o baixo astral da falta de amor próprio, grite a plenos pulmões: “AHA, UHU, A MISS BRASIL É NOSSA!”

A gente pode até gostar de si mesmos agora. Vamos fazer uma campanha de valorização das nossas raízes e convidar a Larissa para ser a garota propaganda e grande símbolo da empreitada. Afinal, ela é o Rio Grande do Norte que dá certo, a musa inspiradora de todas as nossas ações vindouras. Talvez até o nosso deputado micareteiro se sensibilize e perceba que nem vai precisar gastar tanto com passagens para namorar uma celebridade, afinal, a moça é GENTE DA TERRA DA GENTE!

Larissa Costa foi, viu e venceu. Passou por várias eliminatórias, ficou linda de biquini, sorriu e apareceu. É a nossa guerreira! Ela mostrou do que o povo potiguar é capaz. Por isso, eu pergunto: e daí que a saúde está em petição de miséria? E daí que a educação é uma porcaria? E daí que os nossos políticos estão cagando na cabeça da gente? E daí que a juventude carnatalesca representa a elite intelectual da cidade? Todas essas questões não interessam mais. Quem ainda se apega a elas é espírito de porco, gente sem visão, estraga-festa. A todos esses limitados conterrâneos eu só tenho uma coisa a dizer: “AHA, UHU, A MISS BRASIL É NOSSA!”

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: