Sim, fui eu que escrevi “O Raqueiro”!

Um professor ou professora passou para seus alunos a tarefa de me perguntar se fui eu que escrevi a crônica “O Raqueiro”. Desde ontem tenho recebido comentários aqui no blogue a respeito disso. A resposta é SIM. O texto é meu. Na própria postagem do texto aqui no blogue, vocês podem constatar isso, pois eu explico no início como tive a ideia de escrever a crônica.

Quero agradecer à professora ou professor que passou um trabalho sobre um texto meu. Muito legal isso. Agradeço também aos estudantes pela leitura e, por favor, me digam qual a escola de vocês, quem é a professora, e em quê consiste o trabalho.

Digam à professora também que, desde já, me coloco à disposição de ir à sala de aula de vocês para bater um papo sobre esse e outros textos.

Saudações,

Carlos Fialho

Tags:

6 Respostas to “Sim, fui eu que escrevi “O Raqueiro”!”

  1. Gilson Says:

    o texto nos foi passado pelo professor Carlos Negreiros da disciplina de língua portuguesa do IFRN, para a turma de informática 2/2010 de Parnamirim.

  2. Julyane Says:

    Olá! Carlos Fialho, a escola que nós estudando é o IFRN- Curso subsequente de informática, noturno no campus natal central.

    O nosso professor de portugues se chama Carlos Negreiro, ele dá 4 aulas todas as quintas-feiras até meados de outubro, e você será muito bem vindo para fazer um debate conosco.

    Estamos no setor de informática LAB04.

    Obrigada por se dispor a nos ajudar!

    Julyane Miranda

  3. Jadson Says:

    Aê Carlos! A turma gostaria que viesse aqui. O curso é noturno no IFRN, qual a sua disponibilidade?

  4. Julyane Says:

    Quero seu contato para combinarmos sua visita. EU lhe adicionei no orkut!

  5. Rodrigo James Says:

    Por gentileza entre em contato conosco para firmarmos uma visita ao IFRN. É de grande estima sua atenção e disponibilidade.

    Grato,
    Rodrigo James

  6. Paulo Otávio Says:

    Olá, senhor Carlos.

    Sou um estudante do IFRN aqui de natal, gostei muito da cronica “O raqueiro”, mostra plenamente como é esse tipo de pessoa que tem um vamos dizer “pensamento” de vida na qual ele se diferencia de outros por sua educação que teve. Quero destacar a forma como ele tem digamos “poder” de chamar atenção, achando que tendo muito dinheiro, contando várias aventuras(mentiras), achando que é o dono do local, e todos acabam idolatrando, a forma como trata as mulheres. Uma pessoa como essa não tem um ideal de vida além da farriar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: