Coluna do Novo Jornal – 009 – O nome de Deus – 23.10.2010

Crônica publicada no Novo Jornal em 23 de outubro de 2010.

Leiam, reflitam, divirtam-se!

***

O nome de Deus

Meu Deus, o Senhor não sabe. Ou melhor, até sabe sim, né? O Senhor é onipresente, onisciente, Todo Poderoso e tal e coisa. Sei, sei. Mas olha só o que andam aprontando aqui em Vosso reino. É melhor eu vos tratar assim, né?: por meio do pronome vós. É que vós sois 3 em 1, né? Lá no Colégio das Neves me ensinaram isso. Disseram também que o aborto é um crime de lesa-humanidade, que fazer sexo antes do casamento é pecado, que o matrimônio é um sacramento indissolúvel, que o homossexualismo é uma aberração e que o Senhor é misericordioso, mas ai de nós se aprontássemos alguma.

Um dos mandamentos que me ensinaram no colégio, Senhor, foi que não devemos usar o Vosso nome em vão. Embora, eu nunca tenha sabido direito o que danado isso significava. Quando é que se justifica que a gente diga o Vosso nome? E o que exatamente caracteriza uma pronúncia vã? Na boa, Senhor, tenho um apreço todo especial pela Vossa capacidade de síntese, mas acho que 10 mandamentos são insuficientes para gerir o universo inteiro, sabeis? Conheço empresas muito menores que criam manuais de conduta extensos e detalhados. Taí uma ideia pra o Senhor estudar na próxima reunião do conselho celestial: os 10 mandamentos poderiam vir com um manual de instruções. E nem venhais me dizer que esse manual já existe, porque a Bíblia não é manual coisíssima nenhuma. A Bíblia é literatura. Aliás, parabéns! Gosto muito da forma como o Senhor escrevestes. O Velho Testamento com todas aquelas histórias hebraicas e mitologias. Aí, lá pelo meio do livro, como só os grandes autores podem conceber, ocorre uma reviravolta daquelas. Surge Jesus, O Cara!, e muda tudo. O final também é bem impactante. Gosto da versão do Saramago, mas confesso que a original feita por Vós e adaptada pra telona pelo Mel Gibson é bem melhor.

Mas vamos pra frente, apesar de gostar da Bíblia e reconhecer todo o Vosso talento e versatilidade literária, eu ainda acho que os 10 mandamentos poderiam vir com um livro explicativo, tipo manual mesmo, dessas auto-ajudas corporativas, sabeis? Porque assim, poderiam ficar mais claras algumas questões como essa de “Não usar o nome de Deus em vão.” Pode parecer algo sem importância, mas eu conheço muita gente que acredita realmente que vai pro inferno porque vive exclamando “Ai, meu Deus!” por aí. Então, é isso. Fica a dica.

No entanto, posso afirmar sem medo de errar, Senhor, que nessa campanha eleitoral para presidente da República Federativa do Brasil, o pessoal anda abusando. Finalmente, compreendi sem a ajuda de nenhum manual, o que significa “usar o nome de Deus em vão”. O Senhor não andais com Vossas orelhas divinas queimando não? Pois é. São eles: os candidatos e militantes andam banalizando o Vosso nome. O Serra deu pra dizer que conta com Vosso apoio. Foi a forma que ele encontrou de neutralizar o apoio do Lula à Dilma. O Lula, aliás, anda se comportando com certa soberba, Senhor. Houve momentos no primeiro turno que dava a impressão que ele achava que era o Senhor. Mais um pouquinho e ele ia acabar pensando que era o Fernando Henrique.

Pois bem, pelo que eu estou entendendo do horário eleitoral, o Lula pensa que é o Senhor e apoia a Dilma. Já o Serra, diz que conta com Vosso voto e tem como principal proposta proibir o aborto. Ou algo do tipo, pois de outra coisa ele não fala. Ele foi ministro da saúde, sabe que essa é uma questão de saúde pública, que deve ser discutida fora dos méritos religiosos, que essa história de ficar citando o Senhor toda hora, além de configurar o uso vão do Vosso nome é também uma temeridade para a sociedade, além de um precedente perigoso. Porém, nada disso parece importar. Quando se quer ganhar, vale de tudo. Lembra quando o Lúcifer tentou armar pra cima do Senhor, dar o golpe e acabou expulso do Céu com seus simpatizantes? Eles fundaram um partido dissidente, chamaram de Inferno e vem até se popularizando nos últimos anos, mais até que o MST, talvez. Então, na política aqui da terra é igualzinho. Uma trairagem só.

E olheis bem, Senhor. Se ao menos o nosso país tivesse uma boa educação, escolas descentes, hospitais que funcionassem, instituições que suprissem as necessidades mais básicas da população, até que poderíamos ter o aborto como tema principal de uma campanha presidencial. Mas não é o caso. Levaram a discussão para as sacristias e querem seguir ao pé da letra aquela sua fala de “crescei e multiplicai-vos”. Aí, quando um monte de crianças nascerem contra a vontade dos pais, não vão encontrar escola, nem saúde, nem comida. Só vão ter violência e cachimbos de crack a vontade. Isso sem falar que os mesmos que se indignam com a descriminação do aborto, alegando o direito à vida, recorrendo ao Vosso nome e tal, são os que clamam pela execução sumária de criminosos e assaltantes que ousem levar seus bens ou cometer delitos outros, menos o de corrupção e desvio de verba. Esses ainda vão estar liberados por muito tempo.

Enfim, é isso, Senhor. Desculpeis aí o mau jeito. Presteis um pouquinho de atenção na disputa que os dois candidatos estão travando pelo Vosso apoio. E se julgares necessário intervir, por favor, não pensais duas vezes. Se o Senhor existir, claro.

***

Guia de Navegação – Dicas de sítios para você não se perder nos caminhos da Internet.

Cleyciany – Uma serva do Senhor no mundo da Internet. http://cleycianne.blogspot.com/

E para continuar abordando o assunto religião, indico aos meus leitores o melhor blogue religioso do Brasil. Cleyciany é uma menina pura e cheia de fé que faz questão de dividir com todos nós suas convicções. Acessem. Vale muito à pena.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: