Posts Tagged ‘Marlos Apyus’

Já vi pior: o outro Marlos Apyus

maio 12, 2011

Quando me mostraram esse vídeo na net, logo pensei que devem existir outros caras como Marlos Apyus (@apyus) e Ticiano Damore (@damoreticiano) espalhados por todo o Brasil. Confesso que me diverti muito com esse clipe artisticamente tosco produzido pelo figura gêmeo de sequela do hobbit natalense foragido em São Paulo.

Divirtam-se! E quem quiser seguir o cara no Twitter, o endereço é @javipior. Se no microblog ele for tão divertido quanto neste vídeo, valerá à pena.

Loja Virtual dos Jovens Escribas – Anúncio 01

março 15, 2011

Esta semana botamos no ar a Loja Virtual dos Jovens Escribas. Uma meta antiga nossa que Patrício Jr., juntamente com o amigo e webdesigner, Marlos Apyus, finalmente realizou. E para celebrar, divulgo aqui e agora, o primeiro anúncio criado para a divulgação do endereço. Vamos enviar por e-mail nos próximos dias. E quem quiser comemorar com a gente, apareça na próxima segunda lá no Gringo’s para participar do lançamento de Joca Reiners Terrón.

Ah, o endereço da loja é: www.jovensescribas.com.br

Passem lá!

Vídeos Legais.

fevereiro 22, 2011

Marlos Apyus é um jovem jornalista que trabalha com webdesigner. Inquieto que é, o rapaz sempre apronta algumas gaiatices por aí. tudo isso, além do trabalho musical à frente da banda experimental Experiência Apyus.

Pois bem, não é que o bom moço, editou um vídeo bem legal com aquela versão que o Radiohead fez para “Beber, cair, levantar”? O que? Vocês não conhecem essa versão? Pois vejam abaixo:

Outro garoto de grande sagacidade e bom humor é o infante Ticiano Damore, criado do já lendário Wílame. Pois bem, Ticiano é o criador da versão para Bossa Nova instrumental de “Minha mulher não deixa não”. Confiram:

Aliás, para seguir os dois meninos no Twitter, corram atrás de @apyus e @damoreticiano .

Eu não tenho Twitter.

julho 19, 2010

Em abril de 2009, às vésperas de lançar meu último livro (Mano Celo), pedi a Marlos Apyus, meu assessor para assuntos internéticos, que elaborasse uma ação virtual para incentivar o público natalense a comparecer ao evento de lançamento e adquirisse um ou mais exemplares. Foi então que Marlos Apyus (sem combinar comigo) criou um perfil no twitter para mim no endereço www.twitter.com/@cfialho.

Dias depois, na fila do teatro, Patrício Jr., um dos autores do Jovens Escribas, elogiou uma postagem que eu havia feito naquele mesmo dia. Fiquei assustado ao tomar conhecimento de que havia alguém se passando por mim. Esclareci que não tinha perfil na rede social que estava conquistando a galerinha e pedi para alguns amigos que tinham conta no site propagar que o perfil com meu nome era falso.

Camila Groff em seu escritório de arquitetura.

Não adiantou. O perfil conquistou mais seguidores e cresceu bem mais do que o próprio perfil original de Marlos (@apyus). Depois do lançamento que, por coincidência ou não, esteve repleto de leitores e amigos, o próprio web-maker revelou-me ser o autor do meu perfil falso. Perguntou então se eu não queria assumir o papel, fornecendo-me a senha. Porém, achei melhor continuar a parceria. Eu continuaria pagando Marlos pelos seus serviços de assessoria e divulgando minhas ações literárias (os livros e eventos, além dos Jovens Escribas), os endereços na internet (coluna da Digi e blogue pessoal), além de ações cotidianas diversas que promovessem simpatia da opinião pública a ponto de conquistar alguns leitores. Concluímos ainda que, um dia, poderíamos até mesmo vender cotas de patrocínio para eventuais interessados. Por isso decidi investir no trabalho de Marlos como consultor e assessor.

Essa semana acabamos fechando os primeiros acordos comerciais. A arquiteta e blogueira Camila Groff (@camilagroff) nos contratou para divulgarmos o endereço http://camilagroff.wordpress.com, através do @cfialho. Outros dois clientes acordados foram o escritório de tratamento de imagens “Camaleão” (www.camaleaoart.com) e também o perfil no Flickr do artista visual Caio Vitoriano (http://www.flickr.com/photos/caiovitoriano/).  Ou seja, o investimento feito no Twitter começa a gerar dividendos para mim, graças ao profissionalismo e empenho do web-professional Marlos Apyus.

Marlos Apyus - Assessor altamente profissional, a despeito da baixa estatura.

Todos os dias ele me manda uma lista de assuntos que podemos abordar e alguns exemplos de tweets bem humorados, espirituosos, sagazes ou simplesmente simpáticos. Alguns links a serem indicados também geram um bom retorno de seguidores e também de retweets, me esclareceu. Daí, eu aprovo alguns, desaprovou outros e sugiro um ou outro assunto para ser abordado.

Hoje Marlos me escreveu com os assuntos do dia e dando algumas dicas para que eu potencialize ainda mais o meu perfil, conquistando mais seguidores e gerando audiência.

1 – Provocar uma disputa com alguma personalidade da cidade que também tenha perfil no site. Esse expediente é muito usado entre intelectuais que tenham colunas no jornal para se agredirem mutuamente, garantindo que os nomes de ambos permaneçam em evidência.

2 – Falar sobre assuntos relevantes e que estejam em voga. De vez em quando, dizer alguma frase de efeito a respeito de um tema pra passar uma imagem de rapaz espertinho.

3 – Indicar links que possam interessar às pessoas e gerar Retweets.

4 – Retuitar postagens interessantes ou que a média da população julgue interessante.

5 – Recomendar que os tuiteiros sigam alguns perfis, especialmente se estes forem de pessoas famosinhas e descoladas.

Acabo de responder o e-mail de Apyus, autorizando as ações. Espero que elas rendam mais audiência para o meu perfil e, consequentemente, favoreçam os anunciantes que tem surgido. Além, é claro, de atrair novos interessados em anunciar no meu perfil que, como já deixei claro aqui, não é alimentado por mim. E sim por Marlos Apyus, jornalista, músico, webdesigner e meu redator de tweets. Porque eu mesmo nunca nem acessei o site www.twitter.com.

Carlos Fialho

Pablo e Marlos estreiam na Digi

maio 28, 2009

Semana passada Pablo Capistrano iniciou na Diginet como Colunista. Sua crônica de estreia, “Have a Nietzche day” é, como de costume, excelente. Essa semana ele já postou mais uma “Em mil pedacinhos” que fala sobre a reação desigual da mídia com as regiões brasileiras, da pluralidade que cosntituiu nossa formação etnica e das falácias que nos enfiavam goela abaixo nos livros escolares. Recomendo fortemente.

Pablo Capistrano na Digi - Filosofia e cultura pop.

Pablo Capistrano na Digi - Filosofia e cultura pop.

Outra ótima novidade na Digi é o jornalista Marlos Apyus, um dos melhores argumentadores que conheço. Desafio todos a se tornarem leitores do Apyus. Mesmo que não concordem com ele, aposto que terão que reconhecer o poder de seus pontos de vista. Sua coluna de estreia se chama “A favor das privatizações“.

Marlos Apyus - Jornalista, músico e webdesigner.

Marlos Apyus - Jornalista, músico e webdesigner.